Modernização parcial ou total

Saiba diferenciar as modernizações e entender melhor qual tipo encaixa-se em seu caso.

Elevadores são muito específicos e dependem muito do proprietário no quesito manutenção e cuidado. Existem elevadores com menos de 15 anos, que estão em péssimas condições de uso, por outro lado, existem elevadores mais antigos, que possuem a manutenção correta e tiveram todo o cuidado para sua durabilidade.

Para que a modernização aconteça nesses equipamentos mais antigos, seja parcial ou total, existem algumas medidas que precisam ser avaliadas como:

Elevadores antigos: as peças podem ter saído de linha;

Frequentes panes no equipamento: combinação péssima que irrita os condôminos e aumenta os gastos do condomínio;

Inexistência da empresa fabricante: dificuldade na reposição de peças originais ou falta de peças similares;

Todos esses pontos estão ligados e são eles que determinam a execução de uma modernização, verificando o estado das cabinas, portas de pavimentos e, claro, vendo a disponibilidade financeira do empreendimento, levando ao resultado de modernização parcial ou total.

A parcial é uma alternativa onde normalmente há reaproveitamento de cabina, portas de pavimento, guias de cabina, guias de contrapeso e armação de contrapeso. Já para os equipamentos obsoletos, mal conservados e com um custo médio mensal crescente nas reposições de peças, além das paralisações, é necessário a modernização total do equipamento.

Gostou? Deixe um comentário, uma sugestão ou compartilhe sua experiência

Consulte a unidade VILLARTA mais próxima de você!

Clique aqui e fale conosco

Deixe uma resposta