Elevador mais rápido do mundo!

É cada dia mais confortável “viajar” dentro dos elevadores, afinal, a tecnologia empregada neste segmento não para de evoluir. E para suprir a necessidade em atender todos os andares de edifícios com grandes alturas , tornou-se realidade os elevadores que podem atingir velocidades incríveis sem grandes impactos para o usuário.

Atualmente, dentre os prédios mais altos do mundo, encontra-se, em segundo lugar, o Shanghai Tower, na China, que perde apenas para o Burj Khalifa, em Dubai. O diferencial do primeiro é que ele atende a 128 andares com uma velocidade de 20,5 metros por segundo, ou seja, cerca de 73,8 quilômetros por hora, sendo superior a velocidade atingida pelo equipamento do prédio mais alto.

Presente no livro dos recordes, este elevador que foi instalado no dia 7 de julho de 2016 e tem uma capacidade tremenda que ultrapassa a velocidade até mesmo de Usain Bolt, que chegou a atingir inacreditáveis 12m/s.

Melhorias no amortecedor, na corda de tração e no regulador de velocidade permitem que os passageiros façam esta viagem vertical sem sentir turbulências que possam dar medo, contando também com um sistema de rolos que deixam a vibração horizontal equilibrada. Além disso, as carenagens aerodinâmicas do lado de fora do elevador irão reduzir o ruído, enquanto a pressão de ar será progressivamente adaptada durante o passeio, supostamente para ajudar a mitigar a sensação de ouvido entupido.

Mas, provavelmente, este título de elevador mais rápido do mundo está com os dias contados para o Shanghai Tower. Em 2020, está prevista a finalização do Jeddah Tower, na Arábia Saudita, que passará a ser considerado o edifício mais alto do mundo. E para alcançar toda sua grandeza de 1 km, o seu elevador terá que ter uma potência tão grandiosa quanto sua altura.

Bom, mas se você fizer uma viagem para China, conheça este surpreendente edifício e equipamento. E caso já tenha feito, conte-nos sua experiência!

Consulte a unidade VILLARTA mais próxima de você!

Clique aqui e fale conosco

Deixe uma resposta