Elevadores de Cargas

Qual o equipamento certo para seu caso?

Aparentemente, diferenciar as classificações dos elevadores de cargas parece complicado, por isso mesmo, de maneira rápida, a Villarta veio te explicar.

Esses elevadores são produzidos para os mais variados fins, garantindo qualidade e segurança do equipamento, seguindo todas as normas da ABNT. São fabricados elevadores desde o mais simples até o mais inovador; com diferentes tipos de carga e espaço de poço reduzido.

A Villarta Elevadores produz cinco categorias de elevadores de carga que estão listadas abaixo:

Classe A – Transporte tradicional.

O carregamento pode ser feito manual, com a ajuda de paleteiras ou carrinhos hidráulicos, o peso da carga deve ser distribuído pela cabina e o peso de uma única peça nunca deve ultrapassar ¼ da carga nominal do elevador;

 

 

Classe B – Transporte de automóveis

Esse elevador foi desenvolvido para transportar automóveis de passageiros ou utilitários e também possui uma carga nominal, que não deve ser ultrapassada;

 

 

CARREGAMENTO POR EMPILHADEIRA MOTORIZADA

 

Classe C1– Esse elevador é desenvolvido para uso conjunto, ou seja a empilhadeira pode viajar junto com a carga, mas não se esqueça o peso da carga, somado ao peso da empilhadeira não pode ultrapassar a carga nominal do elevador;

 

 

Classe C2– Esse elevador também é desenvolvido para o uso em conjunto com a empilhadeira motorizada, mas diferente da C1, a empilhadeira não pode viajar junto com a carga. Durante o carregamento e o descarregamento o peso total da carga somado a empilhadeira não deve ultrapassar 150% da carga nominal

 

 

Classe C3– Cargas com grande concentração de peso. Esses elevadores são utilizados para cargas com grande concentração de peso, ou seja, grandes maquinários, acima da aplicação da classe A e não é permitido o uso de empilhadeiras. Durante a viagem, carregamento e descarregamento, o peso total não deve ultrapassar a carga nominal do elevador

Vale lembrar para todas as classes tem um determinado peso total, que não deve ultrapassar a carga nominal do elevador.

Gostou? Deixe um comentário, uma sugestão ou compartilhe sua experiência

Consulte a unidade VILLARTA mais próxima de você!

Clique aqui e fale conosco

Deixe uma resposta