Condomínio, elevador e… animal?

Hoje em dia é comum ter como integrante da família um animalzinho de estimação. Segundo uma pesquisa feita pela Proteção Animal Mundial revelou que 77% dos tutores de pets têm cães. E desses, 94% consideram os seus animais como parte da família.

Assim, é natural que haja animais tanto em casas quanto em prédios, de tamanhos, pelagem e penugens diversas. Mas como conviver em um condomínio com esses bichinhos sem atrapalhar os demais condôminos?

Há pessoas que não gostam de animais, outras que não podem ter contato pois são alérgicas ou têm medo, e isso deve ser respeitado para manter uma boa convivência em seu prédio, por isso segue algumas dicas para manter a harmonia:

  • Ao utilizar o elevador com seu bichinho, opte pelo elevador de serviço. Em alguns edifícios isso é regra, pois o bichinho pode defecar ou deixar algum cheiro que ataque a alergia de outras pessoas, além da possibilidade de pegar elevador com uma pessoa que não goste de animais;
  • Se no local for exigido o uso de focinheira, utilize-a;
  • Ande sempre com sacolinhas e papel higiênico;
  • Pets de grande porte devem possuir coleiras que os comportem e segurem, os de menor porte devem ser carregados no colo. E independente do tamanho, mantê-los sempre na coleira;
  • Para maior segurança, assim que pegar um elevador com seu animal, observe se o mesmo já saiu do elevador e se sua coleira não ficou presa em algum lugar.

Manter uma harmoniosa convivência no condomínio não é tão difícil quanto parece, por isso, o respeito deve ser mútuo.

Gostou? Deixe um comentário, uma sugestão ou compartilhe sua experiência

Consulte a unidade VILLARTA mais próxima de você!

Clique aqui e fale conosco

Deixe uma resposta